segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

V SARAU TEMÁTICO ARENA DOS POEMAS. TEMA : JUSTIÇA



1° LUGAR: : CAI A GRANDE JUÍZA

Justiça?

De que justiça me falas?

A muito não ouço o seu bramir

nas estradas da imparcialidade,

no triunfo sobre a verdade,

sobre a loucura que nasceu

por aqui!

Ouvi dizer que ela não é mais cega

Que encostou em algum canto a sua balança

Nas orgias da corrupção ela se degrada

Nua, se entrega

Se droga

Se embriaga

Serpenteia os quadris

enquanto dança!

..............................................................

Ohhh, mulher,

onde estão tua prudência,

imparcialidade, temperança?

Vendeste tua alma aos senhores do mundo

Aos mentores das guerras...

Não és mais digna, te prostituíste!

Não tomas mais a causa do bem em tuas mãos

Não és mais senhora

Tens dono.

Tremam os tribunais!

Chorem e gritem em tristeza e agonia!

Compraram a grande juíza!

Corromperam a sua moral

Trazem sob grilhões a grande imperatriz...

Envergonhada, de cabeça baixa, ante os olhares de todos...

Desfila nua, escravizada a JUSTIÇA!

(Elisa Flor)




*************************************************************
2° LUGAR: : SEDE DE JUSTIÇA

Onde está meu país, nossos direitos
Dessas leis que buscamos, e não temos
Indignado manifestam, a população
Nesse país inseguro que nós vivemos.


Vivemos num país tão corrupto
Muito fraco da condenação
Onde a justiça, é lenta, e falha
Para aqueles que merecem punições.


Nossas leis só caem para os mais fracos
Para os de gravatas, sequer terão
Roubam, e tiram os nossos direitos
Da saúde, segurança, e da educação.


O povo clama, essa sede de justiça
Para que todos tenham direitos iguais
A justiça é cega para os poderosos
Para o cidadão de bem forte demais.

Marisvaldo Bento


*******************************************

3°LUGAR : :  JUS...
tiça,atiça,acalanta,reclama,
mais nada proclama em versos de ser,
totalmente enverga na balança,
que seu peso é puramente não ver.
É cega,surda,muda...
sai numa mídia de rua,
nos programas das gincanas,
colocando no auge gente sem vergonha,
que não tem compromisso com o ser.
Mais não embeleza nada,
fica à beleza nata,
pro poeta resolver.
A lua calada ilumina os vampiros,
que se vestem de preto,
e com olhos vermelhos,
vão à madrugada discutir o PIB,
e desprezam unânime nossos conselhos.
escondendo segredos,
num quarto sem espelhos.
JUS...
tiça, atiça,acalanta,reclama,
e no peso da balança,
fica tudo a resolver...
passa o tempo nada muda,
e os nossos meninos de rua,
vivendo uma esperança crua,
fazem a poesia florescer.

Arthur Marques de Lima silva



*******************************************
4° LUGAR: : ÍNDIO

Vai, tome golpes de
Espada índio escalpelado!
Chora tua tripo
O sangue do bebê
Que inda não nascera,
Arrancado do ventre
Ao sabor do aço.
Grita, a margem da praia
A índia estuprada
Por vinte homens armados
De covardia
E o clarão das chamas
Que vem, lá da oca de palha,
Toda queimada pelos
Que chegaram nesta terra.
Nos deram espelhos,
Mas não vimos nenhuma
Mancha de sangue.
Não, não adianta limpa-los,
Homem branco.
Tuas glórias duvidosas
São louvadas nas pinturas!
Os indiozinhos catequizados
Sem tortura, sem correntes
Nos seus pezinhos. Quem não reclama
Ganha o teu céu, mas fica longe
De Tupá, de Tupã, fica longe de Deus.
Quem pediu o teu Deus?
Quem pediu espelhos?
Onde está minh' amada?
Meus filhos?
Nossa aldeia que foi
Toda incendiada.
Pobre de vós, homem branco...
Nos teus quadros são deuses.
Prometeram-nos tudo,
Ganhamos o inferno
E o que sobrou?
Já não tenho mais terra,
Vim pra tua cidade e passo fome!
Onde está minha aldeia?
A minha vida?
Onde está minha rede?
E os rios em que pescava
Com meus filhos,
Os passarinhos que cantavam livres,
O verde que sempre esteve ali.
O que fizeste de mim?
O que fizeste com todos nós?

[Yohann Oliveira]

*****************************************
4° LUGAR: :PARADOXO

O vento frio da noite
Penetra pelos meus poros.
Refresca minha alma,
e me dá consciência da vida
que existe em mim.

Da magia, que o mecanismo
do meu corpo.
Do deslocamento fácil,
das minhas pernas,
que ao sabor dessa brisa.

Parecem dançar, livremente,
dando-me uma imensa sensação
de liberdade.
Bato asas e mergulho no fundo
de mim mesma.

E retorno convicta de que apesar
das ruas,
cheias de lixo,
dos mendigos, que com seus corpos,
mal nutridos, forram as calçadas.

Da injustiça, que predomina no mundo.
Apesar da consciência,
dessa minha impotência,
Diante dessa miséria.

Da falta de justiça,
minha sensação que o vento frio,
planta no meu "Ser".
É de esperança, amor, caridade,
e fé.
Que prevaleça a justiça,
Em todos os sentidos.

MC. MULTARY.




***********************************************************

OBS: HOUVE EMPATE NA 4ª COLOCAÇÃO

Acesse o link abaixo e conheça os demais participantes do evento.
sarau temático Arena dos Poemas

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

IV SARAU TEMÁTICO ARENA DOS POEMAS - TEMA : : PAZ

1° LUGAR: : ESSÊNCIA DA PAZ-

A paz é um quadro que se pinta
contendo todas estações
Não podendo ser contemplativa
É movimento dentro
jorrando sem excesso.
Não a encontramos em coisas
Mas a identificamos no ser.
Não está nas bandeiras amadas e sim
Sim, nas mãos e no coração de quem a promove
Não é um momento
Ela é rio tranquilizador.
Nasceu na feitura do homem
num ato de amor
jamais o abandonou,.
Paz é poesia multicor
passarada a revoar...
Não habita em tratados
Não esta condicionada
nem tem detentor.
Os sábios, se adornam dela
os aventurados, trilham sua estrada
Paz é um património universal
e pessoal
relação duradoura
Paz é prática espontânea
Não podendo ser comprada
sendo sua essência doadora.

Sandra Ornelas















*******************************************

2° LUGAR: PAZ

Vem ver o por do sol nascer,
Vem ver a dança dos pássaros
Enquanto colhemos as pétalas de flores
Que enfeitam nossa vida.
Vem meu amor olhar a beleza,
Das alfazemas que florescem nos campos,
Vem meu amor acalmar meu pranto!
Vem ver a luz do sol!
Meu amor torna minha tristeza,
Em alegria.
Vem antes que me esqueça.
Antes que eu murche, e caia igual a pétalas de flores.
Vem regue- me com tua paz.
Vem fique comigo até que amanheça,
E na paz de uma noite calma em teus braços eu adormeça.


Elizabeth Almeida.















******************************************

3° LUGAR: O HOMEM PRECISA CONHECER A PAZ

Paz no coração
Paz no trabalho e no lazer
Paz na família e na vida
Paz na consciência
Paz para com o outro

Será que o ser humano sabe o que é PAZ
se esta lhe é roubada desde o útero
antes mesmo de vir ao mundo?
Sim, o bebê é monitorado
desde os nove meses de gestação
Onde o modo e o momento propício de nascer
é decidido por forças externas
ditadas pela sociedade...

Como fazer a paz reinar na humanidade
quando não a temos dentro de nós?
Ela só existirá quando
cada ser humano
aprender a ser livre
e que a sua liberdade termina
assim que começa a do outro...
Quando ele desabrochar para o AMOR

Amor pelo próximo
Amor pela humanidade
Amor pela natureza
Amor por si próprio

Somente assim perceberemos que
para a paz
e pela paz
a vida vale a pena...

mel - ((*_*))




















*************************************************************
3° LUGAR: POIS QUE MENINO

Pois que menino, enxergas o real
de outra maneira, vês clarão na treva
e brinca enquanto a morte nos entreva
tão friamente! Oh, vida sepulcral!

Criança alegre, sabes tu do mal?
Tua inocência tanto nos enleva,
que obliteramos o pecado de Eva,
para o nascer de um dia virginal.

Não que eu me culpe dessa dor no mundo,
nem que carregue o afã de o transmudar,
pois nada tenho além de um corpo imundo.

E tu, menino puro, irás mudar...
Esquecer-se-á do puro amor jucundo,
da paz que resplandece em teu olhar...

MARCEL JÚNIOR

*******************************************

4° LUGAR: : MOTIVO

O amor se perdeu!
Nas ruas frias
Nas esquinas
Nos becos
No barro sujo
Na deslealdade
Na indignidade...

O amor se perdeu!
Nos berros
Nos erros
Escorreu
Escorregou
Por entre os dedos...

O amor se perdeu!
Entre você, eu, todos
O amor se perdeu
Entre a multidão
Se perdeu na escuridão
Apagou-se
Como aquela vela na chuva...

O amor se perdeu!
Na TV
Na Rede
Entre as paredes
Entre pessoas e animais...
O amor se perdeu...

Não há como encontrá-lo
Nunca mais!
Porque o amor foi quebrado
E assassinado!
Sufocado, envergonhado, humilhado
Roubado, perdido, jogado pela janela
Jogado pela lama
Podre
Humana...

Era algo valioso demais
Para ter sido dado em mãos humanas...
Que só conhecem o dinheiro...
Trocaram!
Barganharam!
Venderam!
A preço de banana...
Substituiram. Negaram. Cuspiram.
No amor!

AH! O Amor!
Tão nobre!
Os perdoou!
Mas se foi para sempre.
O amor se perdeu!
O amor morreu!
E agora, sem amor,
Não Há Paz!!!

ROSILENE OLIVEIRA










*******************************************

4° LUGAR: PAZ

Paz não se obtém com guerra.
A guerra pode até trazer paz.
Mas é uma paz aparente,
momentânea e insuficiente
pra acalmar o coração
daquele que sai vencedor.
.
Mas e o povo vencido?
Ficará mais enraivecido.
A paz unilateral,
não é paz, é um vulcão,
preste à nova erupção.
Conquistada a ferro e fogo
a paz resultará em malogro.
Frustração inevitável.
.
Porque a verdadeira paz
não está no mundo lá fora.
Está no interior do homem.
Lá dentro do coração.
Não se conquista com bomba
nem com moderno canhão.
.
Nem com o mais moderno míssil.
Conquistá-la é um pouco difícil.
Porém não é impossível.
Exige apenas do homem
um pouco de boa vontade.
De olhar o semelhante
com o mínimo de humildade.
Tratando-o como irmão.
.
Quando isso acontecer,
é que a verdadeira paz,
deixará de ser fugaz.
Tornando-se permanente.
Como um ímã poderoso
unindo a humanidade
sob uma mesma bandeira.
A do Amor e Caridade
No lema a muito sonhado:
Liberdade, Igualdade, Fraternidade!

NATHALICO RODRIGUES

*******************************************

4° LUGAR: : LUZENTE ESPAÇO

Cai a noite !
A paz e esperanças agora é apenas um luzente, espaço.
A parto-me ,de tudo e me deixo envolve....
E me perco na magia, desse instante unico.
Deixo essa vida borbulhante me viver.
E vivo....
Deste ano que se esvai
E assim... Só no meio de coisas e pessoas,
Gozo desssa , grande paz e esperança que se apodera de mim.
Neste instante, eu sei :
Sou capaz de tudo,
Sou imensamente feliz.
Tudo agora ,só depende do tempo.
Que inevitavelmente, vem.
Nem precisa esperar.
Na minha imaginação visualizo.
Uma grama verde,chamuscada pelo sol.
Pássaros, saltitam livremente.
Como meu coração.
Na carícia, do vento que passa sussurrando,
Vêm mil lembranças.
Vem sua voz, seu sorriso, seu olhar.
Noite com estrelas e lua cheia.
Ah!....E sonhos..... Sonhos.
Mil sonhos.
Mas por enquanto,
A esperança e a paz é um luzente espaço.
Que transborda, dentro de mim.


MC. MULTARY.




OBS*: HOUVE EMPATE NA TERCEIRA E QUARTA COLOCAÇÃO

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

III SARAU TEMÁTICO ARENA DOS POEMAS: : TEMA IDEAIS




1º LUGAR: : O VENDEDOR DE LARANJAS

Conheci um menino muito pobre
Vendedor das laranjas de seu pai
Cada fruta vendida era mais um cobre
Que caía no cofrinho antiquai.

Aos olhos do menino esperto
Cada laranja vendida era um degrau
A banca vazia era um céu aberto
Para conseguir realizar seu ideal.

Hoje o menino é proibido de trabalhar
Com isso seu sonho foi adiado
Talvez ainda o consiga realizar
Depois de muito ter estudado.

Já não pode mais na feira ficar
E seu cofrinho ficou emperrado
Faltava tão pouco para comprar
À sua mãe doente um vestido bordado...
...........................................
Torço por você garoto tenaz
Continue seus ideais com muita garrida
Que seu sonho não seja fugaz
Pra quando o "vestido" você poder pagar
Sua mãe ainda esteja com vida...

mel - ((*_*))
(Melania Ludwig)


**********************************************************

2° LUGAR: :Desilusão...


Depois de tantos anos
Tantas primaveras desperdiçadas no limbo do tempo
Tudo o que restou foi uma grande desilusão
Não uma desilusão concreta, de matar a poesia
Não_ É antes uma sensação de perda
Impalpável
Invisível
Inaudível
Como um cansaço que amolece a alma
Um definhar de sonhos
Lembranças dolorosas de tantos ideais
Muitos deles.
Aliás, uma lista infinda deles!
E por quais caminhos se perderam eles?
Sim_ Eles, os meus ideais, onde estão?
Os amores tão eternos, tão jurados?
Se desfizeram ante o sopro de algum vendaval!
Amizades queridas que partiram sem deixar endereço
Nem apreço
Talvez saudades...


Tantos sonhos...
Enfraquecidos e assassinados pelas impossibilidades
Ou talvez, por minha incapacidade__ Quem sabe?
Tanta paixão
Tanta intrepidez
Tanta vontade...
Sentimentos vazios...Inúteis!
Grandes ideais...
Hoje, pequenas lembranças na memória,
sombras quase imperceptíveis nos versos
da minha poesia.

Elisa Flor


******************************************************************

2° LUGAR: : OS MESMO IDEAIS

Seguiremos os mesmos caminhos
Buscaremos os mesmos ideais
Somos a terra, a semente a chuva
Somos a fé que a esperança nos trás.

Somos a lua que ilumina à noite
Somos o sol que brilha ao dia
Somos a força da escrita nas mãos
Somos o sonho escrito em poesia.

Somos aquilo que a poesia transmite
As idéias, os planos em nossa mente
Cada um com seu jeito de ser
Se a poesia está dentro da gente.

Marisvaldo Bento

************************************************************


3° LUGAR: : Ideal de menino

Escorrem de mim as memórias,
Do menino levado de outrora,
Meu mundo como uma história,
Daquelas onde nunca se chora.

Como era colorido este mundo,
Não passava nem perto tristeza,
Meu riso era largo e profundo,
Minha cabeça coroada de beleza.

Hoje busco o universo perdido,
Pela vida um amor desmedido,
Um menino que cresce jamais.

Percebo que a força do menino,
Não estava no corpo franzino,
Mas na pureza dos seus ideais...

Artur Macedo



*****************************************************************
3° LUGAR: : O EU DE VOCÊ (Ideais)

Eu vim de muito longe
De um lugar que ninguém sabe
Fui escravo e senhor
Fui odiado com amor
Fui maldade e fui cura
Eu fiz de tudo um pouco
Fui pedra e vidraça
Vi nascer e vi morrer
Vi rio sem poder correr
Fui desespero e fé das criaturas
Sou alma que não adormece
Nada muda e nada esquece
Tanto verde sem qualquer cor
Tantos ais sem qualquer dor
Jardim vivo em sepulturas
Sou aquele que você imagina
E, que um ou outro acredita...
Sou tua sombra e teu suor
A imagem no seu espelho
O sufoco do teu vermelho
Só uma coisa é de verdade
Ilusão com tom real
Mendigo da realeza
Chave da fortaleza
Arpão feridor do mal
Sou teu subconsciente
Escondido em tuas vontades
Sou tudo o que sonhas ser
Encontrar ou perder
Teu instinto animal
Sou o parto de tuas vindas
O sonho que lhe causa duvidas
Tuas crenças mais normais
Tua velhice tão criança
Tua vida, teus ideais...
Acredite, sou a fé...
Quando não sabes para onde ir
Sou a saudade que te machuca
Que deixa tua alma maluca
Sou tudo que nem sonhas ser
A pessoa que se auto julga
Critica e elogia
Tua doença e tua saúde
Tua eterna juventude
Sou você... Sou teu viver!

João Paulo Brasileiro



*****************************************************************
4º LUGAR : Mundo de ilusão


Que belo é o mundo
A natureza
Tudo feito com perfeição
Pela mão do criador.

A beleza contida ao nascer, do sol
E quando o sol se põe
Com todo o seu encanto
Vem a lua.

Trazendo aos casais
De namorados
A magia, do amor
Com sonhos
Esperanças
Ideais.

Feliz é pintar o mundo
Com o branco, da paz
Busco ,colorir,
O meu universo.

Com tons inebriantes
De amor
E me deixo viver
No mundo, de ilusões.

Encontrando
Nos meus versos
O caminho
Ideal.

Para minha imaginação
Doce e pura
Viva a emoção
A poesia tem razão.

MC. MULTARY.



*********************************************************************

4° LUGAR: : O ideal

Eis que chega então um limiar
A vida antes feita de planos
Segue agora no peito o amar
Vertigem que nos faz "insanos"

Desde que à luz e bem pensando
Os fitos ditos racionais
São uma nuance do Ser enquanto
Fração de planos não totais

Mesmo que álgido se coloque,
Mania de estar no controle,
Por esta razão que inda enfoque

Sem ver este mal que lhe assole
Morbo Ser, lógico cabal
Cura-te: o Amor é o nosso ideal!

Alexander Herzog


Glossário:

Álgido: gélido, frieza intensa
Cabal: completo, perfeito (tem viés pejorativo, no soneto)
Fito: alvo, objetivo
Morbo: doença, afecção, enfermidade (sentido de desequilíbrio, no soneto)

*******************************************************************
4° LUGAR: : Sonhos, ideais e poesia..

.Como doce aspiração,
quero-te tão intensamente,
envolvendo o meu ser,
envolvendo a minha alma,
sem destino, sem receios,
apenas... nossos anseios...
.
Quero te sentir,
no meu mais alto ideal,
mais ávido ainda,
fantástica, quimérica,
concebida por tua perfeição,
com teus beijos cheios de desejos.
Quero tua resposta de imediato,
às batidas do meu coração...
.
Envolvido pelos teus braços,
nascerá uma eterna melodia.
Sentindo o perfume do teu peito,
deste amor, sem mais defeito,
todas as palavras virarão poesia...
.
Enroscado nesses teus abraços,
como música, os teus beijos,
arrepiará meu corpo intensamente.
Ao criar estes intensos desejos,
tu serás meu solo.
Eu, a tua semente...
.
Oswaldo Genofre


*OBS: Houve empate na 2ª, 3ª e 4ª colocações.

***

Veja na íntegra o que rolou no Sarau. Leia todos os poemas participantes e conheça os poetas!



segunda-feira, 21 de setembro de 2015

II SARAU TEMÁTICO ARENA DOS POEMAS



1° LUGAR: : ACREDITE

Quantos te falaram vai
Que você vai conseguir
Saiba que não é à hora
De você querer desistir.
.
É só crer, ter confiança
Que ele faz você chegar
Aonde, é seu porto seguro
É lá que é seu lugar.
.
Siga firme vá até adiante
Não,não queira parar não
Deus está te protegendo
E segurando sua mão.
.
Mas do que um vencedor
Ele espera de você
Ore, reze pede à Deus
Que ele sabe o que fazer.
.
Acredite sempre
Que terá vitória
Quem tem Deus presente
Só recebe glórias.
.
Acredite sempre
Que Deus está do seu lado
E com todo amor
Por você ele tem olhado.

( Marisvaldo Bento)
*********************************************************
2° LUGAR: : Eu...

Sou feita dos galhos das árvores que plantei na estrada que percorri.
Sou feita das pedras que me atiraram,
E do que edifiquei com elas.
Sou feita de muralhas,
Fortalezas que criei para me proteger das dores...
Mas também sou feita de flores,
Esperanças,
Amores,
De arco-íris que desponta quando o sol lança seus raios no dia de chuva.
Sou feita dos frutos...
Vezes doces,
Outras...
Azedos.
Das mesmas árvores plantadas por mim!
Sou feita do tempo,
Do vento,
Da chuva,
E do sol.
Levo sempre um pouco de onde vou...
Deixo sempre um pouco de mim!

(Patty Freitas)

Cantos & Encantos Poéticos




**********************************************************
3° LUGAR: : MISTÉRIO

Sou um mistério
Algo místico,
Loucura
Perdição
Mulher, com razão
As vezes, não.

Sou minha imaginação
Em sonhos
De uma eterna.
Paixão.

Uma junção de corpo
E alma.
Terna,
Com sabor infinito,
Doce
Azeda.

Apaixonada
Amante
Delicada
Uma mistura
De um delicioso
Mistério.

Que nem eu
Sei decifrar.
Apenas mulher
Menina.
Com desejos
Paixões
Encantos.

Encontros
E desencontros.
Assim , vou vivendo
Minha vida
Procurando
Me encontrar.
Decifrando os meus
Mistérios.
MC. MULTARY.



*********************************************************

4º LUGAR :: QUEM É VOCÊ?

Eu sou,
Um ser em mim,
Talvez um pouco de ti,
Às vezes sou ninguém,
Por certo procuro além.

Eu sou,
Talvez folha ao vento
Pena jogada no tempo
Mãe, pessoa e mulher
Topo o que der e vier.

Eu sou,
Você já deve saber
Desnudo a ti este ser

Semente ainda a brotar
Pessoa, mulher e seu par.

(Ana Cristina.)





****************************************************************
4º LUGAR:: QUEM É VOCÊ?

Concebo-te da minha formosura.

Oh quão belo és a libertação da ideia,
O fascinar-se neste encontro do universo,
Tirando do íntimo desta terra o que há
Religiosamente de glória e alegria.

Todas as numerosas pedras em precipício,
Todas as beiras, e os abismos da inteligência,
Toda negritude, e os mistérios da noite,
Também este triste ressoar da melancolia.

Digo-te – todos os costados são meus;
Sou príncipe entre as faces da terra,
A alegria do meu sonho é o cenário
Recortado deste mundo insaciável.

Possuir-te-ei em seus murmúrios frios;
Desde que estou contigo do lado de cá,
Invisível nos segredos da tua paciência,
Bem-dizendo o seu triste ressoar vil.

E da tua carne fartarei o meu espirito,
Semeando-te entre os deuses e os reis,
E das tuas palavras verdadeiramente
Farei um roseiral de intelectualidade.

São sábios os que partem desta colheita,
Acadêmicos que visto de personalidade,
Arte especial da angustia do mundo
Reinando no tom mais escuro, dentro de ti.

(Thiago França Bento)



**************************************************************

4º LUGAR :: ASSIM HOJE SEREI

A penas uma mulher
S abe o que quer
S empre a sorrir
I nquieta para o que der e vier
M esmo nas tempestades

H abita num coração
O uvindo a voz de Deus
J á muda a realidade
E nesta sintonia

S acode a poeira
E dá a volta por cima
R esponde não
E imediatamente sim
I sto é pura doação.

Angelica Gouvea





***********************************************************
4ª LUGAR :: MULHER

Meu coração pulsa junto
Com o coração da Terra.
Meu corpo vibra harmoniosamente
No ritmo frenético dos tambores universais.
Danço a música das estrelas
Cintilando em coreografias perfeitas.

Valsa da lua
Ritmo das marés.
Ouço a orquestra da Vida
O tilintar das gotas do mar na areia.
Equilibro-me entre as marés e as fases da lua.
Cinco Sentidos. Quatro Elementos.
Minha matéria é a mesma que a da Terra.

Não valho mais que os peixes
Nem menos que a baleia.
Somos irmãos!
Meu sangue corre com os rios e nascentes.
Adormeço com a canção de ninar dos ventos.
Desperto ao som dos galos seresteiros.
A Poesia é meu idioma
O Amor, minha nacionalidade.
Tenho a idade das constelações.

A minha história me pertence!
Errônea ou bela
Não venha me pedir que me envergonhe dela!
Senhores feudais desta época
Senhores dos sonhos
Senhores das opiniões
Minha história fora dos padrões
Me pertence!

Pago o preço alto
Para levar em minha bagagem
a minha própria história.
Nada mais me pertence!
Se sou tardia ou moderna
Não interessa!
Fiz o que pude com as pedras!
Meus castelos não são palpáveis.
Meu tesouro não lhes interessaria.
Meus bens não interessam a este sistema!
Mas sou cautelosa
Penso que sei pensar
Isto me torna uma mulher perigosa.

(Rosilene Oliveira)



***********************************************************
4ª LUGAR :: Sou Verso, Sou Rima.

Não posso ser lida
Incompreendida talvez
Sou feita de versos
De rimas também.

Há em mim uma inconstância
Oras soneto, métrica perfeita
Oras versos livres
Voando como folha seca no jardim da vida.

Sem rumo vou me misturando e decomponho-me
Entre cores mortas me perco então
Na vastidão dos sentimentos

Nas horas incertas
Nas palavras
Na solidão.

(Gisiéle Gargioni.)




OBS: : HOUVE EMPATE NA 4ª COLOCAÇÃO

*****************************************************************************

DEMAIS PARTICIPANTES


QUEM É VOCÊ?

Que me faz sentir tão viva,
Elucidando o meu sonhar.
Me ensinou Que. no amor não há barreiras,
Marcou na minha mente, a diferença,
Do gostar e de Amar.
Quem é você?
Imploro -te Revela-te a mim!
Não há porque se esconder.
És o meu Anjo, minha Vida,
A esperança renascida,
A razão do meu viver.

(Elizabeth Almeida.)




*********************************************************************************

ENIGMA

Quem é você?

De onde vens?
Pra onde vais?
Na corda bamba da vida
Segues porque acreditas
No amanhecer...
Vais por um fio
De sonho retesado
Entre a lua cheia
E o solar nascer.

As dores do mundo
Às vezes excedem
Às forcas do teu coração
E a linha frágil se encurva
Interrogação:

Quem é você
Nesse slack li

(Valdeci Almeida)

***********************************************************

QUEM É VOCÊ?

Quem é você, quem sou eu
Posso responder assim
Tal como aquele artista
o famoso cantor Belchior
" Eu sou apenas um rapaz
Latino americano
Sem dinheiro no banco
Sem parentes importantes
E vindo do interior"
Belchior, na verdade define
apenas parte de mim
Sou um pouco mais que isso
Sinto-me filho de Deus
Assim como os irmãos meus
Um filho meio destrambelhado
Mas, procurando acertar
Consertar tantas besteiras
cometidas sem querer querendo
como diz o personagem Chaves
Hoje, disso eu me arrependo
Mas tenho que reparar
Não apenas lamentar
Quem sou eu, agora eu sei
Sei também de onde eu vim
Eu vim do seio de Deus
E pra Ele tenho que voltar
Pois que Dele me afastei
por não cumprir Suas leis
Sei também que estou na terra
em situação expiatória
Quitando débitos de outrora
Procurando não contrair outros
Para voltar triunfante
aos braços do Pai Maior
no reino da Sua Glória
Num reino simbolizado
por um estado de espírito
que depois de arrependido
fica com a consciência em paz
depois ter-se corrigido
ter o seu dever cumprido
Não só o dever de cidadão
Principalmente o de cristão"
Todos os pecados meus
Vou procurar resgatar
Não apenas pela dor
Mas cumprindo a Lei de Amor
Quem já não ouviu dizer
Que o amor verdadeiro
cobre uma multidão de pecados
Penso assim ter respondido
nesta singela conversa
Quem sou eu, ou vice-versa
QUEM É VOCÊ?

(Nathalicio Rodrigues)
********************************************************************************
PERFIL

Na sordidez da terra eu me recluo
e entrego a vida ao mais ingrato empenho:
tecer meus versos com bastante engenho
e olhá-lo em voo, como um pássaro intruso.

Me esgueiro atento pelo chão de tudo,
a vil matéria prima perseguindo,
para fazer do Rude o puro e lindo
cristal da lucidez, cruel, contudo...

Resido sob as folhas de um canteiro,
caminho à sombra de um trevoso espaço
que guarda a luz do meu incerto passo
e dessa forma acende o mundo inteiro.

Sou dono apenas deste corpo imundo
e nunca alcanço a glória tão renhida.
Não sei meu nome, nem que sou da vida;
que a identidade de um poeta é o mundo!

(Marcel Beliene)

***********************************************************
MAIOR QUE MINHA HISTÓRIA

Sou brejeiro sem eira
Mesmo ferido,sou cordial
Sou o compasso de Oscar
Mas, o oposto do povo da capital.
Sou mesmo o inverso
Da traição, da dor, do desamor.
Sou a elegância que deveria ser
Essa superficial nobreza
Sou a divisão da sobra
Um sofrer acompanhado de vitória
Sou eu um bem querer mútuo
Mas, quisera eu ser
O português arrependido
O avesso da história...
Porém, isso me fez ser maior
Sou Quilombo, sou Zumbi
Não sou Jesus...
Me transformei em amor
Que se fez em mim como se inventou
Quando Djavan cantou

(André Gomes)


***********************************************************
QUEM É VOCÊ?

Humana, parda, feminina
Pau pra toda obra!
Lavadeira
Passadeira
Cozinheira
Jardineira
Corretora
Engenheira
Arquiteta
Namoradeira
Escultora
Artesã e poeta!
Aff!!!!
Não, poeta não!
Aprendiz...
Carga tão pesada essa
Que tenho de concordar
Que sem a cachaça
Ninguém segura esse rojão
E a gente vai levando
Na coragem e na raça!
Caindo e levantando
Sem explicação
E é só isso
Sou simples assim...

Neia souza

***********************************************************
 QUEM É VOCÊ?

Quem era mesmo ele,
de onde vinha?
Chegou, ficou tão pouco,
como a andorinha
que busca verões
e novas paisagens
procura.
Quem era mesmo aquele,
cujo abraço
na noite se perdeu?
Cujos beijos
nem sei mesmo se me deu?
Passou tão rápido
à procura de abrigo
que já vai longe,
nem sei se foi meu amigo...

(Vera Lucia G. Correia)

***********************************************************
QUEM SOU EU?

Sou o quê restou do quê fui
Fui amor total
Vendaval
Amor demais machuca
Faz mal
Mergulhei no pro fundo
Do profundo mar do amor
Mergulhei de cabeça
Me expandi
Me espalhei
Dancei,dei cambalhotas
Na felicidade flutuei
Até sentir nas costas a ferida
O maldito punhal da traição
Penetrou fundo em meu coração
A dor foi tão forte,lancinante
Que desse mar me retirei
Joguei-me em outro mar
No mar da dor,afundei
Foi tanto furor angustiante
Que morri,me acabei
Agora o quê restou de mim
Morre escondida,no lodo
Bem no fundo,do profundo
Cresceram-me os dentes e garras
Virei bicho
Nesse imenso mar de solidão,me escondi
Para pensarem que morri

(Marize Rodrigues Ukwakusima.)




****************************************************************
QUEM É VOCÊ?

No meu olhar acanhado
Te vejo em pele de fada
Aroma almíscarado
Sei desse jeito doce
Sei quando sou laçado

(EduardoCaetano)




*********************************************************************************
QUEM É VOCÊ?

Quem é você? Que derrama sua alma em poesia,
Transformando em alegria,
Cada momento do meu dia.

Quem é você? Sentimento infinito,
Do universo em que eu habito,
No meu silêncio de poeta tão discreto,
Você traduz o momento certo,
De um amor inabalável,

Que é você?
Minha Musa inspiradora,
Deusa dominadora,
Que cala a minha voz tão arrastada,
De tão rouca não diz nada,
Minha sede é saciada,
Com seu infinito amor.

(Eduardo Silva)

*******************************************************************************
OS DOENTIOS

IX

Ao meu auto-retrato,

Sou uma treva e escrevo a morte sem sorriso,
Eu sangro o coração no peito e já respiro!
Sendo jovem e triste assim no choro liso,
Mas sem nenhum amor igual ao grande tiro...

Em dramatismo ignoto e perdão que eu preciso,
Serei sangrentamente imundo sem suspiro!
Nunca tenho a alegria e a amizade do riso,
Que eu posso horrorizar a maldição e atiro.

Só prefiro morrer inda macabramente
Com enterro jazido e dor sempre sangrada...
Sou um homem da cova e do furor, quem sente?

Quem sabes lamentar comigo e não me esqueces,
Reza profundamente em dias da noitada!
Que precisas rezar e chorar entre as preces.

( Lucas Munhoz )




********************************************************************************

5º LUGAR:: QUEM É VOCÊ?

Quem é você, pergunta a criança, com toda sua delicadeza e toda sua confiança.
Quem é você, oh pessoa? Quem é você nesta vida?
Quem é você nesta vida de intriga?
Quem é esse ser, detrás dessa máscara, que ao entardecer, seu rosto mais gasta?
Quem é você, quando cheio de calor, deixando seu coração com cada vez mais ardor?
Quem é você, oh humano, que se desliga do real, mantendo-se por traz do ecrã, onde tudo o que passa lhe parece irreal?
Quem é você, que se esconde da intriga, se afasta da maré, por ter medo que lhe roube a vida?
Quem é você que não luta, que não acredita em si? Que faz nesta vida cheia de frenesim?
Espera que tudo a si venha? Que tudo lhe venha ter às mãos? As ilusões não se desejam, é preciso mexer mais!

(Hugo Martins Catarino)




*************************************************************

 QUEM É VOCÊ?

Quem é você?
Apenas um ser em busca do conhecimento.
Mais emoção que discernimento...
Rebuscando frases em forma de canção.
Descortinando à vida com um olhar inocente .
Com esperança e fugindo da solidão.
Há! Como tenho sonhos...
Neles me descubro em tempo exato...
Onde quebro paradigmas e descubro quem sou e que represento de fato.
Onde então mergulho em brumas, me ergo no espaço.
Encontro enfim meu eu...
Sou uma louca viajante no tempo
tentando encontrar o caminho de volta
pro mundo que de mim se perdeu.

(Eliane Webster De Queiroz)
*********************************************************************************
SOU O QUE SOU

sou o que sou
determinado e causador
influenciador e negado
causado e negador
determinador e influenciado

sou crença
que pensa
descrença
que surgi

sou cultura
que tenho
cultuo
o mundo

sou fome
que sinto
que vivo
que fujo

sou arte
que nasce
de dentro
de tudo

Sou eu
Sou nós
Nós somos
Eu sós

Tadeu Marcato



******************************************************************************
SOU FEITA DE PALAVRAS

Escorre dos meus dedos
Verbos molhados de fantasia
Suporto o peso dos meus medos
Para ser leve apenas em poesia.

Sou feita de palavras…
De palavras sérias
De palavras livres
De palavras escondidas em outras palavras,

E feita de cicatrizes…
Sou feita de palavras
Algumas não pronunciadas
Algumas nem compreendidas
Mas todas sentidas…

Nlc Poesias




*******************************************************************************
QUERIA SER EU APENAS...

Por tantos papéis eu queria
Ser numa vida o grande autor
Nas folhas em branco, eu coloria
Um mundo vazio, daria a ele luz e cor

Por tantos dias e noites eu imaginei
Ganhar dos voos liberdade que tanto sonhei
Á noite então voaria debaixo de tuas asas
Felizes, sobrevoaríamos milhares de casas

Jogaríamos estrelas por todas as paragens
Nesta fantasia seria eu uma fada feliz,
Tentaria ser apenas dona do meu nariz
Pintaria o sete e o mundo de traquinagens...

Neste sonho eu poria as cartas na mesa
Eu riscaria o céu de azul turquesa
Em cores vibrantes coloria os meus poemas
Neste belo teorema, queria ser eu apenas...

(Simone Medeiros)




****************************************************************************

A Arena dos poemas agradece a participação de todos que contribuíram para nossa festa literária e parabeniza os vencedores.




































































































































sábado, 12 de setembro de 2015

I SARAU TEMÁTICO ARENA DOS POEMAS. TEMA: "QUAL O MELHOR CAMINHO?"



1º LUGAR: : QUAL O MELHOR CAMINHO?

Pergunta muito instigante
Qual será o melhor caminho
São tantas as encruzilhadas
Pergunta bem interessante
É bom parar pra pensar
Eu já pensei e respondo
Assim, sem nenhum receio
Pra mim, o melhor caminho
O caminho mais seguro
é o caminho do meio
O caminho do equilíbrio
Evitar a corda bamba
Decidir se dança valsa
ou entra numa roda de samba
Claro que é expressão figurada
A vida é muito mais do que isto
Pois viver em equilíbrio
é caminhar vivenciando
os ensinamentos do Cristo
Pois ele nos disse um dia
Que ele é o caminho
a verdade e a vida
Que não chegaremos ao Pai
senão por seu intermédio
Ele é que tem o remédio
para curar nosso tédio
nossos defeitos morais
Pois que ninguém é perfeito
Todos tem algum defeito
Mas tem os que não concordam
Os orgulhosos discordam
Mas tem o seu livre arbítrio
Pois também tem o direito
de pensar como quiser
Podem até criticar
quem encontrou em Jesus
o caminho que nos leva
à uma morada de luz
Por mais que não acreditem
que debochem, que critiquem
um dia também chegarão
a esta sábia conclusão
de que o caminho do meio
é o caminho mais seguro
é o caminho do equilíbrio
Pois que encontra em Jesus
A paz para o coração

Nathalicio Rodrigues - 11/09/2012.

*****************************************************

2ª LUGAR : : ABISMO

Tanto faz.
Qual o caminho eu seguir.
Se eu me ferir,
Ou até chegar a morrer.
Tanto faz.
Não importa pra você,
Não importa pra ninguém.
Caminhei à noite,
No breu que ela me ofereceu.
Foi a única que se propôs comigo caminhar.
Por entre vales,
E valas...
Cheguei à abismos,
À beira do precipício.
Esse me ofereceu morada,
Ofereceu- me abrigo.
Descanso de uma caminhada exaustiva,
À exmo.
Onde muitas vezes me vi desamparada,
Sozinha.
Aceitei a sua oferta.
E hoje vivo nele...
Hoje...
Não mais vivo!

Patty Freitas

Cantos & Encantos Poéticos















*****************************************************

3° LUGAR: : ATEMPORAL


Caminhando sob os trilhos

nas trilhas

nas frestas

Caminhando entre espinhos e pedras.

Encontro teu olhar.

Brilho!

Feixe de luz!

Flash!


Caminhos sinuosos

afáveis

atemporais.

Teus braços

Teus afagos.


Meu caminho

é em tua direção.

Estrela guia!

Amor!

Amar, amanhecer e continuar.


Lembranças...

Ouço teu sorriso no ar.

Sinos, sina, caminhos, labirintos

Meu caminhar.


Linhas da vida.

Mapa dos sonhos.

Nasci e não sabia

Trazia por entre meus caminhos

o mapa de te encontrar.


Rosilene Oliveira



*****************************************************
3º LUGAR :: “CAMINHOS” QUAL SEGUIR?

Os caminhos pelos quais trilhamos
Sempre foram opostos

Mas por um descuido do destino, talvez

Ou por capricho dos Deuses

Eles se cruzaram

(Eles jamais poderiam se cruzar)


Eu não estava no momento certo, nem você

E assim, tão de repente, nos distanciamos

Não era a hora

Mas algo, além do permitido, já havia acontecido

(O amor nasceu)


O amor não pede permissão para adentrar

Ele simplesmente invade nosso coração

Sucumbindo nossa razão

Nos fazendo render a paixão

(Não posso fugir)


Não sei qual caminho seguir

Sem você nada mais faz sentido

Mas ainda assim sigo

Pois do destino não pude fugir

(O amor agora está em mim)


Gisiéle Gargioni.



*****************************************************

3° LUGAR: : O CHAMADO DO PAI


Escuta o chamado do pai

Ele quer te dar bons caminhos

Se um dia você tropeçar

Lembre-se de que não está sozinho.


Erga, suas mãos para ele

Em suas orações ele está

Fechem os olhos e pense nele

Com palavras pra te ensinar.


O caminho certo, que você precisa

Tenha confiança, não desista ainda

Jesus está tão perto,de você precisa

Pra te abraçar e te acolher

Cuidar da sua vida.


Autoria Marisvaldo Bento

11, 09, 15
*******************************************************************************

3º LUGAR :: APRENDIZ DO TEMPO


Agora reencontrei minha paz...

Na cor rosa unissex do amor

No azul unilateral que o dia traz

É claro e raro o passar do tempo

Amadureci e não perdi a infância

Nos jardins de nossas vidas

São flores o sorrizo de uma criança

Atalho para amizade, um abraço.

Senti minha paz pulsar

Na sintonia de minhas prediletas canções

Na necessidade do meu trabalho

Na minha atividade esportiva

No alívio deleite do que faço

No que leio, escrevo, compro, uso

Quando ouço e gosto

Entre as quatro, prefiro a primavera

Na poesia que são minhas amizades

Em Deus que habita na querida família

Em almejar na conquista do que falta

No imenso prazer de me entregar

Com simples palavras, me revelar a você

E assim, acreditar que, com tudo isso,

Uma pessoa terá o poder de entender

A flor do amor, se situar na vida

E vir a desabrochar sua paz


André Gomes

***********************************************************************

3º LUGAR :: QUAL É O MELHOR CAMINHO?


Qual o melhor caminho é que eu assisto e sigo

O luar estrelar do carbono e do anelo,

Que em noite há de luzir no brilho espesso e belo,

Vejo o sol perigoso igual um inimigo.


Ó lua da beleza e do espaço brilhante!

Hei de assisti-la ainda e conheço os planetas,

Como vês as ações siderais e secretas?

Para que a lua cheia e divina me encante.


Com um poder lunar e uma estrela divina,

Quais são como o Saturno, a Marte, o Urano e a Terra,

Mas quem o grande caso escolhe, segue e cerra?

Por perto, felizmente, o Júpiter domina!...


Doze planetas do mundo e do tempo absoluto,

Onde existe o esplendor do sistema no fruto.


Autor: Lucas Munhoz - (11/09/2015)




******************************************************************************
3º LUGAR :: O MELHOR CAMINHO...

A vida é feita de caminhos

Difícil descobrir qual o melhor

à seguir...

O tempo me ensinou

que minha estrada deve ser,

sempre, para dentro de mim mesma!


Percorrer vielas

Ultrapassar muralhas

colher flores, apesar dos espinhos.


As vezes o céu escurece

Chove sobre minh'alma, busco abrigo

na fé que ainda trago comigo.


Não carrego muito no alforge.

Um pouco de ternura

Bastante amor..


Nunca deixo para traz a poesia,

calço-a quando as pedras

ameaçam ferir meus pés.


São analgesia para a dor...


Elisa Flor



*****************************************************

3º LUGAR :: ENTRE A RAZÃO E O CORAÇÃO´
QUAL É O MELHOR CAMINHO

Dois caminhos levam
s dois destinos...
Temos que escolher...
Que pena... só pedmos
seguir um....
Razão ou coração ...
Cada um indica seu
caminho...
A Razão explica :
- Sou um caminho
movimentado,
pavimentado,
iluminado e levo
a um lugar bem
divertido... !
O Coração bem mais
modesto diz :
- Sou um simples
caminho verde e
florido, levo a lugares
comuns, mas alegres...!
Pensei, pensei... senti, senti...
E por fim escolhi....
Hoje estou aqui, minha vida
se transformou... sou alegre
faço poesia.... sinto amor,,,,
Saudade ? de que ...?
do outro caminho,
tenho não... esse foi
o melhor caminho...!

ALKAS Alkas Poetry11;9/15




***************************************************************************

3º LUGAR :: QUAL O MELHOR CAMINHO?

A felicidade mora pelos caminhos que nos levam entre os desafios... - Frente às portas de nosso quarto - Entre as flores de nosso quintal - Entre os dentes que tentam morder nossa paz!
A felicidade mora entre os fios bi-colores que um dia ajardinarão nossa cabeça... - Entre tudo o que temos - Entre os caminhos dos ainda e as vindas que como ilusão se ofereça - Entre tudo o que fazemos pensando... Sou capaz!
A felicidade mora entre os instantes em que nos vemos perdidos - Quando nos sentimos sem saída - Quando vemos nossas descobertas já em desalinho - Quando descobrimos que tantas coisas... Tanto faz!
A felicidade mora em nosso coração - Em nosso toque - Em nossa emoção - Em nosso não acreditarmos na neura dos sozinhos
Voar pelos pensamentos - Resguardar e amar os sentimentos - Pousar nos colos dos carinhos -
Entender a brevidade da vida
Aceitar os contras e os prós da lida
Acreditar que a felicidade mora em tantos cantinhos
A felicidade chama-se você... Quando se conhecer e disso se convencer... Terá encontrado o melhor caminho!

João Paulo Brasileiro



******************************************************************************
3º LUGAR :: QUAL É O MELHOR CAMINHO?

É o que imagino agora!
volitando em jardins multicoloridos
Exalam olores enebriantes...
O tempo é outro
O que motiva a vida é o saber.
Ciência, matemática física quântica
É nosso maior prazer!
Um som muito alto
Me faz voltar à realidade
Hum!!! é aqui que estou...
Sem dúvida esse é meu
Melhor caminho!
Caminho de evolução...
Entre poesias vou andando
Colhendo almas que são flores
E sem dúvida aprendendo
Nesse mundo virtual
chamado Arena dos Poemas!

Neia Souza

**************************************************************************

3º LUGAR :: GLACÊ DA TORTA


Eu não parto como partem os aviões,

Meu voo não tem rota certa

Onde já estive não quero estar de volta.
Qual o melhor caminho?
Desconheço...
Um me leva
Outra me traz de volta.
Não sou de guardar vontades,
Se der água na boca
Lambuzo o dedo no glacê da torta.
Meu sorriso brota instantâneo.
Não requento sentimentos
O que vivi ontem é passado,
O que está por vir me encanta
O futuro me apetece.
Não sufoco o grito da garganta,
Não espero acontecer,
Que seja a vida
O caminho que tiver que ser.

Moacir Luís Araldi


****************************************************

3º LUGAR :: UM SÓ CAMINHO

uma parte de mim é razão

pé no chão

pavimentação

a outra parte de mim é emoção

pé na mão

ilusão


uma busca caminhos certos

concretos

anda em linha reta

certa


a outra quer a loucura

fissura

delira em linhas tortas

quase mortas


uma é equilibrada

pautada

quer certezas

clarezas


a outra é desvairada

bagunçada

cultiva a desordem

insanidades que eclodem


duas partes

juntas no ninho

da razão e das artes

em um mesmo caminho


Tadeu Marcato

*****************************************************

3º LUGAR :: CAMINHOS

Está com você

É ter a certeza

Do caminho a seguir


Não importa a escolha

O importante é estarmos juntos

Nesse caminho


Buscando forças

Pra caminhada

Pois sabemos,que não haverá só flores


Os espinhos fazem parte

Mas caminhando lado a lado

Enfrentaremos todas as barreiras


E juntos venceremos

Seguindo no caminho

Seja ele qual for

Em nome do amor

(Morena Silva)



*****************************************************

3º LUGAR:: QUAL O MELHOR CAMINHO?


Quando eu saí,me deparei com tantos caminhos

Pareciam todos meus

Todos feitos pra mim
Mas não foi bem assim!
As dificuldades chegaram na escolha
O medo do erro
O medo do desconhecido
O medo do que nunca foi meu...
O caminho a ser percorrido
O melhor caminho?
Até hoje eu não sei
Só sei que estou indo!


Marinez Novaes




*****************************************************

3º LUGAR:: QUAL É O MELHOR CAMINHO?

FAZER O CAMINHO É

F ertilizar o presente
A ssim plantando a semente
Z elando pelas atitudes
E aprimorando as virtudes
R eeguer a cada tribulação e

O s passos na direção

C oncreta de um ponto de chegada
A mando a todos nesta caminhada.
M esmo que possas tropeçar
I sto não impede de caminhar
N um caminho rumo a Deus
H abitat para os filhos seus.
O passado já não existe e o

futuro ainda não aconteceu,
por isso viva bem o hoje como se
fosse o último.


Angelica Gouvea



*****************************************************
3º LUGAR:: AMADO

Ainda que os nossos caminhos
Não sejam sempre margeados de flores
Andaremos de mãos dadas,
Unidos pelo perfume do amor- perfeito
Que floresce em nosso
Coração

Você e Eu

Eu e Você

Dois caminhos que se cruzaram
Duas vidas que se fundiram
Amalgamadas pelo mais consistente dos sentimentos...

Dóris Araújo Sebastião Abiceu




*****************************************************
3º LUGAR:: RUMOS: ( QUAL O MELHOR CAMIMHO)


Busco a ponte,

e em todo caminho;
trevo
e flores.
Qual será o melhor?


Por onde rumo de cor,

nada é certo ou sorte.

Apenas os amores;

o que escrevo;

e as cores.


E nas corôas da morte,

reencontro A Fonte.

Alexandre Souza da Conceição








*****************************************************

3º LUGAR:: QUAL O MELHOR CAMINHO?

Por Eduardo Silva

Montes Claros MG


Respondo com amor e carinho
,
Que Jesus é o melhor caminho.

Só Cristo é o caminho da verdade,

Do amor e da felicidade.


Jesus ensina o caminho,

Da paz, da cura e libertação,

De uma vida com carinho,

Cristo nos dar a salvação.


Qual o melhor caminho?

Digo com carinho,

Que Jesus é a solução,

Nos traz soluções para os nossos problemas,

Ele é o tema,

De pura inspiração.


Jesus é a Luz,

Fonte sagrada,

De paz e alegria,

Inspiração

Do coração

De onde jorra poesia.


Eduardo Silva
*****************************************************
4º LUGAR :: BÚSSOLA

Como se eu morresse em dois dias,

me sinto ávido de fazer o que ainda não fiz;

de perceber integralmente a realidade,

de sugar de um mundo em estado de fruta

toda a essência do Belo.


Perplexo.

Diante de mim,

a gente é empurrada pela rotina

pelas calçadas, entre cubos de concreto e vidro.

Todas têm um destino próprio dentro de si,

sabem exatamente onde têm de ir.

Não eu.


De braços como pêndulos,

uma profusão de vontades

pesa-me sobre os ombros.

Muito em mim ainda está pendente,

e nem sei se devo começar.

A gente passa —

fluxo do cotidiano.


Olho para isso tudo. Há ali,

entretanto,

entre todos,

agachado como um empecilho

da exceção, que obstrui

a fluidez do dia a dia,

um homem e seu cachimbo.

Devo reparar nele?


Como a fumaça,

estou pleno do acaso.

As pessoas entram

e saem,

andam e

correm,

têm pressa de chegar.

Mas eu não conheço meu destino,

meu ponto de chegada.

Mas há mesmo uma chegada?

É mister haver um caminho?

Não tenho uma bússola

e estou perdido.


Perdido sem nem mesmo ter um lugar de que se perder.

Marcel Beliene



*****************************************************
4º LUGAR :: QUAL O MELHOR CAMINHO


Qual o melhor caminho, para a vida decorrer, trazendo-nos certos destinos, com obstáculos que teremos de vencer.
Qual o melhor caminho por que deveremos seguir, sem se ter medo, do que nos possa repentinamente surgir.
Qual o melhor caminho, a dar a nossa vida, preparando o destino, com conta, peso e medida.
Qual o melhor caminho, que se deverá encetar, eis uma decisão, que bem se deve ponderar.
Não sigamos pelos outros, vamos pois por nossos instintos, não nos venham maus agoiros, que decerto estarão escondidos.

Hugo Martins Catarino@direitos autorais reservados 10/09/2015 20:30h



*****************************************************
4º LUGAR :: O MELHOR CAMINHO


Caminho, Verdade, Vida...

Que jamais nos deixa ao léu.

Na palavra de Deus siga

A senda que leva ao céu.


Valdeci Almeida



*****************************************************

4º LUGAR :: QUAL O MELHOR CAMINHO?

Caminho,

Aos meus pés, tantas estradas,

Terras soltas, secas, rachadas,

Poeira encobre rastros,

De tempos vividos

Sonhos interrompidos

Corações dilacerados.


Por outros caminhos, caminho

E outras são as estradas

Lama, barro,vida atolada,

Espectros sombrios

Medo, horror, calafrios,

De novo, a carga pesada.


Mas continua o caminho

Agora, nem seco, nem sombrio,

Há luz de um Sol radiante

Neste caminho há flores

Risos, cantos, novos amores

E uma alegria contagiante.


Este é o melhor caminho

Sem dores nem espinhos

Sem medo, sem aflição.

Este todo mundo deseja

Rico, pobre, almeja,

Existe paz no coração.


Vera Lucia G. Correia
*****************************************************

4º LUGAR :: O CAMINHO


Dou passadas ao vento,

Na leveza do pensamento.

Querendo em silencio,

Trilhar um caminho.


E assim eu sigo,

Na confusão dos medos.

Escondo os lamentos,

Onde guardo os degredos.


E no tempo vou andando,

Distribuindo momentos.

Vivendo a cada segundo,

Antes do esquecimento.


A vida gira no andamento,

Do correr do tempo.

Marcando no firmamento,

Os acontecimentos.


Vou as horas seguindo,

Na razão do contentamento.

E logo vou descobrindo,

Os rastros do meu caminho.


Se é certo ou incerto,

Com isso não me preocupo.

Vou assim me permitindo,

Na roda do meu destino.


Autor: Joabe Tavares de Souza – Joabe o Poeta.



*****************************************************

4º LUGAR :: QUAL O MELHOR CAMINHO

A vida nos reserva caminhos.

E não sabemos quais seguir.

Qual é o melhor caminho,

São tantos já caminhados,

São tantos, que não sei por onde ir,

Outros, já traçados vou passar,

O medo do desconhecido me faz hesitar,

E a insegurança, entre o sim e o não as,

Incertezas tomam conta da direção entre os caminhos,

Um segredo, escondido, á ser procurado,

São planos a serem traçados com cuidado,

São tantos caminhos, paro e me pergunto.

Qual o melhor caminho a seguir, será o das,

Flores, intuição, amor, paz ao coração,ou da razão,

Realmente não sei não.

Elizabeth Almeida.

*****************************************************
OBS: Houve empates na 3ª e 4ª colocação



































































quinta-feira, 10 de setembro de 2015

TEMA DA SEMANA: : NOITE


1° LUGAR: NOITE DE SOLIDÃO

A noite está linda
E eu ainda não
Dormi estou
Pensando nela
Aquela que um
Dia me fez feliz


Nessa insônia
O meu coração
Sonha com o seu
Bonito olhar,
Bonito como
As estrelas
No infinito
Que agora vejo
Brilhar

Noite de lua
Prateada
A minha alma
Está sufocada
De solidão,
Preciso encontrar
O meu amor
Para libertar
Da dor o meu
Coração.

Josivando Bernardino



*********************************************************************************

2° LUGAR: : NOITE, SUBSTANTIVO FEMININO

Feminino tempo
Que embala o dia
Ao surgir o ocaso

Descanso oportuno
Em mítica existência
Misto de benesse e medo
De ilusória penitência

Em oração fecunda os sonhos
Cria desejos, fazendo ninar
Ousada, incita delírios
Sussurrando gemidos, faz despertar

Com seu horizonte de magia
É divindade de profetas
Qual firmamento que fascina
Inspira deleitosa os poetas

E é mulher e menina
Em segredos noturnos
Deusa e rainha
Em mistérios soturnos

Que acordada propaga-se fértil
Naqueles que a vida
Adormece passageira

Suzete Palitos

**********************************************************************************
2° LUGAR: : VOZ DA NOITE

No silêncio da noite
Vou buscando
Me encontra
Na solidão
Do meu quarto
Saio

E vou caminhando
Pela calçada
Da vida
No frio
Da noite
Que rega a madrugada

No calçamento
Vejo deitado no chão
Em cima de um papelão
Um mendigo
Em posição semi -fetal

Os braços tentando
Apoiar a cabeça
Os pés sujos e cansados
Cansados de vagar

Em uma cena
Constrangedora
Que a vida
Me obriga
A assistir
Penso e reflito

Já não dói existir
Meus problemas
Se tornaram pequenos
Nada mais me fere
E hoje sigo por aí

Deixando a tristeza
De lado
Ouço a voz da noite
Dizendo vai ser feliz
Corre,vem comigo
Vem,vem....

Ainda dá tempo
De sonhar
Acreditar
E amar.

M.C. MULTARY.



**********************************************************************************
3° LUGAR: ; SOU A NOITE

Sou metade do dia
há quem me aprecia
me faz companhia
comigo se delicia
dormindo me alicia...

Sou amiga da lua
solitária
na madrugada
de imaginária
luz alada...

Sou temida
à distância
sem perfume
nem arrogância
apenas negrume...

Sou instável
com rotação
imutável
na solidão
da escuridão...

Sou abraço
do sucesso
do fracasso
da alegria
da orgia...

Sou aconchego
dos apaixonados
gemidos de dor
dos abandonados
do ato-amor...

Sou a paz do ninar
acalmo o coração
Urano é meu pai
Nyx é minha mãe
desprovida de irmão...

Sou a noite
companheira
dos embriagados
dos pirilampos
dos drogados...

Sou de todo santo dia
a necessária calmaria...

Melania Ludwig - mel - ((*_*))



**********************************************************************************

4° LUGAR: : BOA NOITE AMIGOS(AS)!

B atalhaste o dia inteiro,
O bom descanso merece primeiro.
A te aliviar neste momento derradeiro.

N este teu descanso
O ferece a Deus seus avanços
I nvocando proteção,
T er vivido intensa emoção
E levando uma prece em oração.

A gradeço Senhor,
M ais um dia se foi,
I nfinita foi sua bondade.
G uiando-me com teu Espirito
O uvindo a todo meu grito de
S ocorro, quando estive aflito.

B om, mais um dia se foi,
O fereço tudo que fiz
A o DEUS de AMOR .

N ele entrego todo cansaço,
O s vários momento de dor
I luminando os meus passos
T razendo a nós seu abraço.
E nriquecendo tudo que faço.

A ssim espero que cresça
M eu amor por todos apareça
I nvadindo seus cantinhos
G arantindo a todos o carinho
O nde coloco todos bem juntinhos.
S empre que posso vou de mansinho.

B om é descansar
O sono chegar
A mente acalmar

N o corre corre da vida
O descanso é sagrado
I ntenso momento de sossego
T orna corpo e mente novos
E a luta no dia seguinte continua..

A todos desejo uma boa noite
M uita paz e tranquilidade
I nstantes de profunda reflexão
G uardar o que se aprendeu no dia
O ferecer a Deus toda alegria de
S aber que esteve em nossa companhia.

Angelica Gouvea



*********************************************************************************

OBS: Houve empate na 2ª colocação




A Arena dos Poemas agradece a todos os membros, amigos, leitores que até aqui  nos tem prestigiado e  incentivado a prosseguir sempre. Fechamos aqui  esse ciclo, numa metamorfose poética em que o espaço para a poesia e o trabalho dos poetas continuem sempre em evidência. Continuem nos acompanhando que vem muita novidade por aí.


quarta-feira, 2 de setembro de 2015

TEMA DA SEMANA: : ILHA



1° LUGAR: : ILHAS URBANAS
Nesta cidade impassível, um mar
amotinado e profuso em questões;
em bruscas, ávidas, baixas ações
que nos carregam pr'um mesmo lugar.
Planificando as futuras opções,
me lanço à cova dos frios leões
e espero alguém que me irá resgatar.

Justificado na regra das horas,
saio e carrego uma vida reclusa.
Percebo outra ilha, como eu, que me cruza
impaciente por nossos agoras.
Penso no Estado e na forma que me usa,
rouba de mim sem que nada produza,
e eu me recordo do tempo de outrora...

Sigo um caminho de dor surreal
por outras ilhas repletas de tramas,
ilhas como eu, torpes ilhas urbanas,
que se resguardam da vida real.
Oh, meu amor! Oh, rainha das damas!
Peço que esqueças as ilhas e lamas;
pois nosso amor, ele é continental!

Marcel Beliene



***************************************************************************
2º LUGAR: :A ILHA DAS PÉROLAS

Era uma vez numa noite sombria um navio no mar a navegar
Em uma noite tempestiva tripulantes havia o medo no olhar
Em alto mar ondas gigantes traziam e levavam a embarcação
Os tripulantes viram de perto a morte lamber-lhes o coração

Em meio a tantos passos apressados a conter a situação
Não viram que a frente avistava dois navios fantasmas
Tal situação se agravou quando a proa então em chamas
Alastrou em plena chuva e trovoadas, fatos sem explicação

Os dois navios fantasmas eram almas penadas de uma ilha
Tão próximo ali sem saber que se viam em grandes perigos
Capitão fez menção mas, hesitou em fumar sua última cigarrilha
Quando viu dezenas de homens piratas em trajes inimigos

Cigarrilha caiu ao chão do convés do navio, estava prestes a ir
À uma viagem de ida e sem volta a uma ilha de cruéis piratas
Fantasias não se sabe ao certo mas, o Capitão pôde sentir
Horrendos piratas que traziam no dorso suas fiéis espadas

Sua tripulação chances não tivera, foram todos capturados
Na Ilha das Pérolas os medos foram amordaçados, calados
Não se ouviu nem mais um grito, todos foram sucumbidos
O navio ficou à deriva junto com os sonhos e vidas incontidos

Os piratas vibraram a chegada de seus novos tripulantes
Mal sabiam eles que neste corpo petrificado iriam viver
Eternamente naquelas condições de fantasmas navegantes
Histórias se repetiriam e novas vítimas buscariam entorpecer

Com o brilho falso da pérola que reluz mas não o conduz
A um caminho de luz, não. Há somente as trevas neste mar
A ilha é somente uma metáfora que tento a ti a demonstrar
Que o mal persiste e insiste a ti envolver no (a)mar que te seduz

Simone Medeiros



***********************************************************************

3° LUGAR: : "HOMEM NENHUM É UMA ILHA (John Donne)"

Já dizia tal poeta
Que homem nenhum é uma ilha
Pobre poeta iludido
Mas é que ele não sabia
Que todo mundo é uma ilha!!!!
Cada um no seu mundo
(Uma sociedade de arquipélagos)


Só parece que estamos juntos
Mas vivemos todos ilhados
E não fazemos pontes
Só construímos muros
E morremos solitários
No meio de todo mundo....
Luhh Perdigao



******************************************************************************
4° LUGAR: : SOMOS ILHA

Quando, à nossa volta, plantamos a ingratidão
Quando, indiferentes,
ouvimos o choro da desilusão
Somos ilha quando nos acercamos da avareza
Quando jogamos fora o que nos sobra da mesa
Somos ilha quando matamos
de alguém a esperança
Quando apagamos o sorriso
dos lábios de uma criança
Somos ilha quando não auxiliamos um irmão
Quando em mármore esculpimos o nosso coração
Somos ilha quando deixamos
morar em nós o preconceito
Quando negamos ao outro o seu direito
Somos ilha quando espalhamos
em nosso entorno o desamor
Somos ilha quando, enquanto
simples criatura, negamos o Criador
Dóris Araújo Sebastião Abiceu




******************************************************************************

4° LUGAR: : "ILHA"

Instante de
Louvor
Habita
A alma

Imenso
Labirinto
Horas
A pensar.


Imaginei
Levar
Harmonia
Ao redor de tua ilha

Inteiro
Laços
Histórias
A contar.

Intensas
Lutas
Horizontes
Amplos

Ilha da fantasia
Livre pensamentos
Habitam
A mente humana.

Ilusões
Lembram
Humanidade
Apavorada

Inspiração
Lá se foi
Hoje
Apenas isto.

Angelica Gouveia ( +ANGÉLICA Gouvea)



*****************************************************************************

4° LUGAR: "TIQUIM DE ILHA"

Ilha sozinha

...Encanta
Ilha encanta
...Sozinha

***

Ilha solitária

...Chora
Ilha chora
...Solitária

***

Ilha é sonho

...De amante
O sonho do amante
...É ilha

***

Ilha é desejo
...De amor
Ilha é amor
...De desejo

***

Ilha vista

...Infinita
Ilha infinita
...Vista

***

Ilha de dia

...É verão
Ilha é verão
...De dia

***

Ilha de dia

...É azul
Ilha é azul
...De dia

***

Ilha á noite

...É fria
Ilha é fria
... Á noite

***

Ilha de noite

...É sombria
Ilha é sombria
...De noite

** OBS: HOUVE EMPATE NA 4ª COLOCAÇÃO